A Menina do Vale 2 – Bel Pesce

SOBRE TER UM DIÁRIO:

“Ter um diário traz muitas vantagens, muitas delas bem sutis mas ao mesmo tempo muito importantes. Em primeiro lugar, quando escrevemos pensamos além do “o quê?”. Pensamos no “porquê” e também no “como”. Isso nos leva a entender nossas ações (e suas possíveis consequências) em um nível completamente diferente. Além disso, diários nos ajudam a saber mais sobre quem somos. E o autoconhecimento é uma das ferramentas mais poderosas que existe. Entender o que importa pra você, o que te faz feliz, o que te energiza e o que você abomina pode te ajudar a tomar as decisões certas. Essa decisões muitas vezes englobam outras pessoas também, e as observações anotadas no seu diário podem fazer com que você entenda melhor a relação que tem com as pessoas da sua vida.”

SOBRE ANOTAÇÕES:

“A maior razão pela qual anoto as experiências do dia a dia é porque isso me ajuda a sentir a vida. E depois transforma os sentimentos em memória para sempre. Quer sentir o seu passado, presente e futuro? Comece um caderninho.”

‘ – Bel Pesce

Publicado em e-book, Internet, Kobo, Livros, Nota mental | Deixe um comentário

Tá todo mundo mal.

“As pessoas querem alguém que fale o que elas já sabem; às vezes o que precisam é do respaldo de desconhecidos para poder fazer algo a respeito.”

“Às vezes é preciso ter uma crise ou outro para saber como sair delas.”

– Jout Jout

Um VIVA do tamanho do universo pra Jout Jout que escreveu este livro que eu me identifiquei completamente, por estar passando por uma crise neste exato momento. Adorei tudo o que ela escreveu, me vi em diversas dessas crises… também sou pisciana, mas com ascendente em virgem (sabe-se lá o que isso significa – me incluo nessa, mas a Jout Jout sabe).

 

Publicado em e-book, Internet, Kobo, Livros | Deixe um comentário

Mais fantasia

orfnatoAcabei de ler O Orfanato da Sra Peregrine para crianças peculiares e AMEI!

Vi alguma coisa sobre esse livro virar filmes pelas mãos de Tim Burton, o que por si só já me deu vontade de ler, daí baixei o livro e fui ler. Maravilhoso. Daqueles que te fazem ler no almoço, na fila da lotação, andando na rua… só pra saber o que vai acontecer.

Fantasia das boas e um pouco juvenil eu diria. As capas dos livros são assustadoras, você acha que vai ler um filme de horror cheio de sangue e assassinatos e monstros e fantasmas, mas não é bem por aí.

Só não gostei de descobrir que são 3 livros e só tem 2 disponíveis para leitura… ou seja, cadê o final da história?!

Gostei também do segundo livro começar exatamente onde terminou o primeiro, e isso também acontece no terceiro livro (tem um capítulo no segundo livro).

Momento genial do autor: o livro nasceu de umas fotos antigas bizarras que Ramson Riggs colecionava. Desde quando descobriu essas fotos antigas em lojas de artigos de segunda mão (brechós?) ele passou a colecionar e este livro nasceu de várias dessas fotos. É incrível como ele criou uma história que, quando olhamos as fotos, faz todo o sentido. Aqui explica mais um pouco sobre isso, com imagens de algumas dessas fotos.

Trailer legendado do filme:

Estréia em setembro/2016.

 

Publicado em e-book, Filmes, Kobo, Livros | Deixe um comentário

Os Sete Reinos

Aquele momento em que você fica melancólico porque acabou de ler uma saga e não tem mais pra ler… parece que acabou o mundo e nada vai ser melhor do que essa história.

ossetereinos

Já li Cinda Williams Chima na saga “O Herdeiro (Guerreiro, Mago, Dragão)” e ficado encantada com o jeito dela escrever e com a história em si (descobri esses dias que não são apenas 3 livros dessa saga, já tem mais 2).

Agora com a saga Os Sete Reinos… caí de amores e paixão por ela. Só pra registrar, eu li os 2 últimos livros (O Trono Lobo Gris e A Coroa Escarlate), totalizando quase 800 páginas em 3 dias. Lia no metrô, na lotação, no trabalho, no almoço, na fila do banco, no banheiro… toda hora é hora.

Que história!

Juvenil? Sim.

Clássica de heróis e princesas e guerreiros e magos e amores proibidos e traições e mortes e magia e castelos e túneis e montanhas e fantasia? Sim também.

Mas é maravilhoso!

Publicado em e-book, Kobo, Livros | Deixe um comentário

Páginas de observação

O hidrogênio é inflamável.

O oxigênio é respirável.

Quando juntamos H e O temos a água que é bebível, correspondendo a uma propriedade nova, inesperada, inexplicável a partir de “inflamável” e “respirável”.

Quando juntamos diferentes olhares, um novo olhar surgirá inesperado e inexplicável.

Assim é a vida.

(Business Model You – Tim Clark)

Publicado em e-book, Nota mental | Deixe um comentário

Sobre escolher se vai ou se fica.

“Minha vida é como a dança das cadeiras, só que ao contrário. Cada vez que para a música para, botam mais cadeiras” – Ele poderia tentar botar cadeiras, se estivesse faltando. Mas como se retiram cadeiras da vida de uma pessoa? Como escolher por ela? Ainda a amava, com toda certeza. Mas era um amor racional. Sabia exatamente por que a amava, e tinha inúmeras razões para que continuassem juntos. Com ela devia ser parecido. Por uma série de motivos que guardavam para si, continuam escolhendo, dia após dia, permanecer onde estão.

Mãos de Cavalo – Daniel Galera

Publicado em e-book, Kobo, Livros, Nota mental | Marcado com | Deixe um comentário

Projeto literário 2015.

A algum tempo estou vendo pessoas comentarem sobre alguns livros interativos que existem no mercado:

Os livros interativos.

Os livros interativos.

– Pintura: mandalas (onde tudo começou), Floresta Encantada, Jardim Secreto.

– Destrua esse diário: várias tarefas para serem feitas, uma em cada folha. Agora tem o “Termine este livro”, tem versão infantil (Diário de um Banana), tem versão pocket, e já vi até uma versão “isto não é um livro” que seria usar o livro para várias outras coisas que não seja de “livro” (como prato por exemplo).

– Perguntas e Respostas (Q&A – question and answer): são 365 perguntas para serem respondidas todos os dias do ano, com espaço para respostas de vários anos (Já vi 3 e 5).

– Uma linha por dia (One line a day): você escreve uma frase por dia, durante 365 dias, por um período de anos também pra depois ficar comparando.

– Listografia: São listas de várias coisas que você acha importante na vida (melhor banda, comida mais gostosa, famosos que já viu, viagens, etc).

– E mais um monte…

A finalidade de todos eles é o auto-conhecimento. Esse negócio das pessoas quererem se entender, saber como são, como pensam, a tal “natureza humana”. Através de pinturas, desenhos, colagens, frases, respostas. No fundo, no fundo, é a tal busca de respostas. Quem somos? Pra onde vamos? Por onde andamos? Qual é? Qual foi? Por que que tu tá nessa? (hahaha)

Antigamente (se você tem mais de 30 anos, vai me entender ) a gente fazia um caderno de perguntas na escola e distribuía pra galera responder (a única finalidade dessa versão era saber de quem seu pretendente gostava). Até hoje tenho o meu guardado e dou um sorriso bem grande quando encontro com ele.

Quase comprei.

Quase comprei (ver fonte da imagem no final do post).

Visto isso, estive ontem na Livraria Cultura do Conjunto Nacional em SP, e peguei todos esses livros na mão. Gostei do acabamento, do tamanho, das cores (o livro Q&A foi a maior tentação, eu quaaaaaaaaaaase comprei), a ideia em si me agradou. É interessante a gente manter um registro das coisas e depois de um tempo voltar e ler o que escrevemos, pensar sobre como éramos, como estamos agora (vide este blog). Mas todos eles estão em inglês. Não existe versão em português ainda. Pra mim não é problema, mas isso limita um pouco o acesso para a maioria das pessoas (penso eu).

Daíííí, juntando o útil ao agradável, pensei que ao invés de gastar quase R$ 80,00 num livro pequeno e simples (ok, interessante, mas CARO DEMAIS pro meu gosto e pro meu bolso), que tal se eu fizer o meu próprio Livro de Perguntas?????

Comecei o curso intermediário de encadernação, onde vou aprender as técnicas mais clássicas da encadernação de editor, com couro, nervuras, cabeceado costurado, lombada arredondada e tal… eu poderia pegar esse conhecimento e fazer uma versão personalizada do Livro de Perguntas (estaria mais para um diário)! Elaborar perguntas direcionadas ao MEU auto-conhecimento na forma mais direta possível. Em dias que eu sei que são especiais ou memoráveis me analisar de forma direta, profunda até. E posso pensar em um livro por ano, ou deixar um livro para cada 3 anos, 5, 10… manter como um diário da minha evolução pessoal mesmo. Quem sabe fazer para amigos e familiares, como uma relíquia, um diário personalizado. Uma coisa que ninguém tem.

Fazer um curso de caligrafia, e escrever na capa com letras medievais douradas… ter um ex-libris para cada pessoa, fazer em tamanhos diferentes, fazer uma caixa para guardar… ui! Mente viajando…

Mas pensei em fazer um projeto desse em 2015, seguindo as referências do meu curso de encadernação. Preciso pensar em um nome…

Fonte da imagem: http://cafeenovasideias.blogspot.com.br/
Publicado em Curso, Livros, Projeto | Deixe um comentário